Visão de Atleta: A Natação Feminina em destaque

Fala pessoal,

Essa semana estava na correria pois minha irmã se casou e tive que me dedicar ao evento. Ontem tivemos o final do Brasileiro Infantil, em Florianópolis e vimos bons resultados, assim como nos outros brasileiros desse final de ano. Na primeira etapa já começamos bem, pois nos 100 metros costas feminino tivemos a Maria Pessanha que melhorou um pouquinho seu melhor tempo e quebrou o recorde do campeonato com 1.04. Outra que também brilhou e com recorde na primeira etapa, foi Majda Chebaraka que melhorou seu tempo com 9.04 e que madou muito e nadou uma prova bem dividida, valeu.

Piscina da Unisul

Piscina da Unisul

 Na segunda etapa de novo as meninas brilharam, logo na primeira prova que foram os 200 livre. Novamente a Aricia Peree dividiu muito bem a prova melhorou seu tempo e quebrou o recorde, assim como Rafaela Raurich que acho cansou um pouquinho no final, e melhorou seu tempo mandando incríveis 2.03.8. Numa boa briga, a Maria Pessanha buscando a melhor performace da competição quebrou outro recorde e desta vez nos 400m medley com 5.02, apesar de este não ser o ser melhor tempo.
As meninas estavam incríveis e na terceira etapa a Contine reading

Visão de Atleta: A natação Brasileira Motivada, Profissional e Unida

Foto: Satiro Sodré

Foto: Satiro Sodré

Pessoal neste último final de semana fiquei muito feliz e pilhado, pois o grande feito que os atletas brasileiros fizeram foi incrível. Somos campeões mundiais, por equipe em piscina curta, de maneira surpreendente e SENSACIONAL, e olha que o nosso foco é a longa hein…

Foram marcas incríveis ao longo da competição como o ouro no rev 4x50m medley misto com a Etiene, Felipe França, Nicholas Santos e Larissa que nadaram para 1m37s26, a prata do Nicolas nos 50m borboleta, com 22s08, o surpreendente bronze do Cesão nos 50m livre com 20s88 e o bronze no rev 4x50m livre misto com o Cielo, João de Lucca, a Etiene e Larissa Oliveira, com o tempo de 1m29s17

O Domingo foi histórico. Enquanto ainda estávamos comemorando o ouro do Cielo nos 100m livre, com a melhor marca do ano 45s75, a Etiene estava aprontando das suas e foi incrível. Nem ela e nem nós acreditávamos muito no que estava vendo no placar: WR – World Record. Isso mesmo, 25s67 e o novo recorde mundial nos 50m costas. Fez a prova perfeita. Primeira mulher da história da natação brasileira a chegar onde ela chegou.

Depois veio o Felipe França, e confesso a vocês que eu estava apostando todas minhas fichas nele, pois como treinamos no mesmo clube, e depois do ouro nos 100 peito – 56s29, também imaginava coisa grande e surpreendente como o que a Etiene tinha acabado de fazer. E não deu outra, nadou 25s63 para mais um ouro e recorde de campeonato, muito legal.

E para fechar com chave de ouro e escrever a última página do registro histórico  deste campeonato mundial de piscina curta o Guido, Felipe França, Marcos Macedo e Cielo nadaram o rev – 4×100 medley para 3m21s14. Campeões Mundiais.

Sabemos que ainda existe um caminho a ser percorrido para que o Brasil seja a potência esportiva, mas estamos no rumo certo e  devemos reconhecer que muito está sendo feito.

Estou com meu treinamento finalizado e de malas prontas para embarcar na semana que vem para o Open no Rio de Janeiro, pois a competição já será seletiva para os Jogos Pan-Americanos de Toronto, no Canadá, e o Mundial dos Esportes Aquáticos de Kazan, na Rússia, em 2015.

Finalizo este post Visão Atleta com o reconhecimento daqueles que muito fazem para chegarmos onde chegamos e onde chegaremos.

Parabéns Atletas, parabéns Comissão Técnica.

Leo de Deus

Visão de Atleta – 3ª e 4ª etapas do Brasileiro Juvenil

Foto: LD Sports

Premiação dos 200m borboleta Juvenil 1      Foto: LD Sports

E aí pessoal,

Vamos para o resumo do que aconteceu na 3ª etapa do Brasileiro Juvenil. Na primeira prova, a fera Gabriele Roncatto quebrou o recorde e garantiu o índice para o V Mundial Junior em 2015 nos 100m livre com 56s00 e igualou seu melhor tempo, mesmo cansada devido às várias competições. É impressionante como ela ainda vem nadando muito. Nos 100m livre masculino, mais uma vez o melhor da etapa, e sem dúvida o melhor da competição ao meu ver, Felipe Ribeiro destruiu e assombrou a todos com seus 49s93, além de melhorar seu tempo e bater o recorde, quebrou a difícil barreira dos 50 segundos como JUVENIL. Na comparação de idade, ele superou nesta prova César Cielo e Matheus Santana, que são os caras. Agora é manter o foco e continuar com tudo, pois está no caminho certo. Valeuuuu. Contine reading

Visão de Atleta – 2ª etapa

 

 

Ana Beatriz do Corinthians, Campeão e Recordista dos 200m Costas

Beatriz Lima e Silva do Corinthians, Campeã e Recordista dos 200m Costas

felipe ribeiro

Felipe Ribeiro – Campeão e recordista dos 100m e 200m livre

E aí pessoal,

Falando sobre a segunda etapa do Brasileiro Junevil… (pausa para o suspiro) e que segunda etapa, hein! Bem melhor do que a primeira, com mais recordes e excelentes marcas. A primeira prova já com recorde de Maria Paula Heitmann, que melhorou um pouquinho o seu melhor e foi suficiente para quebrar o recorde brasileiro e vencer a prova tranquilamente com 02m03s9. Nos 200m livre masculino o melhor da etapa, ao meu ver, foi Felipe Ribeiro que também baixou o tempo de sua melhor marca e ficou bem perto de nadar na casa dos 01m50, terminando a prova com 1.51.20, consequentemente, quebrando o recorde. Ainda sobre os 200m Livre o Gabriel Cardenes do Corinthians também se destacou com um bom tempo e foi o campeão do Juvenil 1 com  1.55.78.

A tranquilidade do atleta pouco antes da sua prova. Gabriel Cardenes campeão dos 200m livre - Corinthians

A tranquilidade do atleta pouco antes da sua prova. Gabriel Cardenes campeão dos 100m e 200m livre – Corinthians

Na 5ª prova da etapa, os 200m costas, a campeão dos 100m costas, Beatriz Lima não fez o seu melhor tempo, mas mesmo assim quebrou o recorde. Vale ressaltar que é difícil de baixar dos seus incríveis 2m17s, mas pelo que sei ela vem de uma lesão nas costas e ficou quase 45 dias sem fazer muito esforço. Nos 100m borboleta masculino, quem voltou para voar na piscina foi Felipe Ribeiro, que mesmo sem quebrar o recorde venceu a prova e nadou para um bom tempo, 55s1. Posso dizer por experiência própria que nadar um 200m livre para 1m51s e voltar para água e mandar um 100m borboleta para 55s1 é bemmmm difícil, valeuuuu!!!!!!!

E para fechar com chave de ouro a super 2ª etapa, tivemos nos 400m medley Caio Rodrigues que quebrou o recorde da fera Henrique Rodrigues, um dos melhores nadadores de medley na atualidade, e com esse tempo tenho certeza que esta no caminho certo para ser um dos melhores do nosso país nessa prova e no Juvenil 2 o Bruce que é atleta do Corinhians e gerenciado pela LDSports também foi Vice Campeão com seu melhor tempo de  4.34.73.

Bruce Hanson, Vice Campeão do 400 medley - Juvenil,  Corinthians

Bruce Hanson, Vice Campeão do 400 medley – Juvenil, Corinthians

Valeu.

Até amanhã lá em Santos. Um abraço,

Leo de Deus

 

 

Educativo nado de crawl – “cachorrinho”

YouTube Preview Image

 

Fala pessoal, hoje vou compartilhar uma dica bem legal com vocês do nado de crawl. Vamos fazer um movimento onde a recuperação da braçada vai ser submersa. A execução deve ser feita bem devagar e com muita atenção no ângulo do cotovelo e a finalização sempre embaixo da coxa. É muito importante manter o corpo em cima d’água e tentar segurar o quadril bem alto, para isso, é importante manter a perna batendo para sustentar o nado. Quem se sentir afundando pode colocar um flutuador para ajudar. O chamado educativo “cachorrinho” é muito legal para trabalhar a consciência de nado. É isso aí pessoal até a próxima dica. Valeuuuuu #vaileogdeus #dicleogdeus #mormaii #corinthians #correios #cde