Forçando os nossos limites

IMG_4751

Bom dia gente.

Cheguei terça-feira de Marselha – França, onde estávamos nadando no 4º Meeting Open de La Mediterranée, que faz parte do Golden Tour. Esta foi a minha primeira competição do ano e mais uma vez, como em 2014, abrimos a temporada nadando internacionalmente. Mas deixando de lado o glamour de nadar la fora, o que de bom isso traz e representa para nós atletas?

Muita Coisa!

Vemos que de uns anos para cá a natação brasileira tem se desenvolvido. Aos poucos os níveis dos atletas está aumentando e o principal resultado disto é o destaque nos principais campeonatos do mundo e, principalmente, nossas melhores colocações no ranking mundial. Na minha opinião, o Brasil ainda precisa melhorar para realmente se firmar definitivamente entre as potências da natação em se falando de masculino e feminino como um todo, pois durante o ano não temos grandes competições com o nível elevado e qualidade técnica quanto em outros países, e é isso que nos impulsiona a estar constantemente viajando para manter o ritmo de competição e buscar competir em alto nível. Só assim conseguimos ter base necessária para isso. Apesar de a natação ser um esporte individual, estar ao lado dos grandes nomes faz crescer na gente uma força maior ainda e é aí que o inesperado (sempre esperado) acontece.

Sim, melhoramos, porém ainda falta algumas coisas no esporte de alto rendimento, mas mesmo assim estamos fazendo a nossa parte, cada um com sua equipe, buscando na especialização, na ciência, no detalhe. Estamos forçando os nossos limites, pois queremos muito mais! E para fazer bonito em casa, nos Jogos Olímpicos Rio 2016, o trabalho será ainda mais intenso! E podemos ver o impacto positivo. O Brandonn Pierry, que daqui uns dias completa 18 anos, já vem se destacando em competições internacionais e nacionais há um tempo e com tempos muito promissores. Na semana passada, ele ficou em 3º nos 400m medley e 1500m livre com ótimos tempos, o que já podemos projetar um Maria Lenk interessante e surpreendente, eu já estou na torcida!!! \o/

Estamos todos juntos lutando pelos melhores resultados e cada um tem um papel fundamental nessa conquista. Sexta-feira, 06/03, quando lá na França subi no lugar mais alto do pódio nos 200m borboleta com o 3º melhor tempo do mundo, em 2015, eu representei a minha família, o meu técnico, o meu biomecânico, o meu fisiologista, o meu preparador físico, a minha nutricionista, o meu médico do esporte, a minha seleção, os meus amigos, os meus companheiros de clube, o meu país e a minha torcida. Que legal.

Screen Shot 2015-03-12 at 7.46.59 AM

Já no início de abril teremos o Maria Lenk, no Rio de Janeiro, e com certeza vamos nadar forte para fazer tempos ainda mais baixos. Torçam muito galera, vão para a piscina assistir de perto, liguem as tvs, acompanhem… O calor da torcida e as palavras de incentivo também faz a diferença…

Valeuu

About the Author

By leogdeus / Administrator on Mar 13, 2015

No Comments

Leave a Reply