PROMESSAS X REALIDADES

Equipe Brasileira Campeã Sul-americano 2011, Lima -Peru

Terminou o Sul-americano Juvenil 2011, em Lima, no Peru e o Brasil conquistou 74 medalhas (35 de ouro, 21 de prata e 18 de bronze), uma medalha de ouro a mais daquele grupo muito forte que eu integrei, em Mar Del Plata em 2009, na Argentina, quando conquistamos 80 medalhas (34-27-19) com muitos recordes.

Fiquei muito contente pelo Giuliano Rocco ganhar o título da Orden de Los Caballeros da Consanat (Confederação Sul-Americana de Natação), pela prova dos 400m livre de melhor nadador da competição (índice técnico).

Juliano Rocco - Melhor Índice Técnico

Quanto aos resultados individuais destaco os recordes da Larissa Oliveira (100m livre), Alessandra Marchioro (50m livre), Nathalia Almeida (200m medley), Larissa Simões (100m borboleta), Vítor Santos (200m costas) e também o grupo do revezamento 4x100m medley masculino juvenil A, que nadou para 3m59s36, quebrando uma marca (4m00s38) também de outros atletas brasileiros, que durava 12 anos (1999).

Também outro nadador que me chamou a atenção foi o peruano Gerardo Huidobro que nadou para três ouros com recordes (200peito, 200m medley e 400m medley) de campeonato e sem os trajes. Muito bom, uma vez que no nosso esporte medalhas são importantes, porém os tempos também porque indicam progressão e crescimento técnico.

Vemos que o mito dos trajes vão sendo derrubados com dedicação e competência. É isso ai galera, e como disse aqui no blog logo no início da competição esse grupo registrou seus nomes na história da natação brasileira.

Dizem que somos promessas, porém nesse grupo já identifico muitas realidades.

Parabéns a todos atletas e à comissão técnica brasileira.

Em abril vamos firmes para os Multinations Swimming Meet na Grécia e em Chipre.

Um abraço, Leonardo de Deus

About the Author

By leogdeus / Administrator on Mar 27, 2011

No Comments

Leave a Reply