SENSO DE EQUIPE, O COLETIVO SUPERA O INDIVIDUAL.

Em Fortaleza, no Infantil, Troféu Maurício Becken 2010, o coletivo falou mais alto, Pinheirão oito vezes campeão.
Valeu equipe, pois a bagagem voltou bem mais pesada devido as 19 medalhas (6 de ouro, 8 de prata e 5 de bronze). Mandaram muito bem galerinha.

Também fiquei muito satisfeito em ver o surgimento de atletas nas provas de meio fundo e fundo se destacando com bons resultados.
Chamou-me a atenção os tempos, no feminino, da Bruna Primatti-infantil 1, nos 800 livre, com 9’11”02, e da Nicole Ribas-Infantil-2, nos 200 livre com 2’07”95, e no masculino, do Brandonn Pierry Cruz de Almeida-Infantil 1, nos 1500 livre com 16’29”64, e do Leonardo Castilho-Infantil 2, nos 400 livre com 4’08”19.

Penso que precisamos muito estabelecer na base (principalmente petiz e infantil) da natação brasileira o conceito de nadar o fundo e meio fundo, pois isso dará a resistência necessária para lá na frente o atleta aguentar os treinos de força e de velocidade, pois é isso que nos faz chegar a uma carreira longa neste esporte. Investir na técnica também é fundamental. Não vamos queimar etapas, pois a força chegará. Tudo há seu tempo, acreditem.

Enquanto isso, apesar das constantes interrupções no meu programa de treinamento devido às viagens, na medida do possível, sigo com meus treinos pesados visando o mundial de curta em Dubai.
Quinta-feira, 18 de novembro, no Rio de Janeiro é minha vez de nadar o meu brasileiro junior de longa. É isso ai. Curta é curta e longa é longa.

Parabéns ao Pinheirão, aos atletas infantis Campeões Brasileiros e também aos Campeões das Maratonas Aquáticas 2010, Ana Marcela Cunha, da Unisanta/SP e Samuel de Bona, do Grêmio Náutico União/RS.

Um abraço, Leonardo de Deus.

About the Author

By leogdeus / Administrator on Nov 15, 2010

Comments (2)

  • Anonymous

    E ai Leozin.

  • Anonymous

    infantil 1 metendo 16 ta foda msm.. uahuahua

Leave a Reply