Visão de Atleta: A Natação Feminina em destaque

Fala pessoal,

Essa semana estava na correria pois minha irmã se casou e tive que me dedicar ao evento. Ontem tivemos o final do Brasileiro Infantil, em Florianópolis e vimos bons resultados, assim como nos outros brasileiros desse final de ano. Na primeira etapa já começamos bem, pois nos 100 metros costas feminino tivemos a Maria Pessanha que melhorou um pouquinho seu melhor tempo e quebrou o recorde do campeonato com 1.04. Outra que também brilhou e com recorde na primeira etapa, foi Majda Chebaraka que melhorou seu tempo com 9.04 e que madou muito e nadou uma prova bem dividida, valeu.

Piscina da Unisul
Piscina da Unisul
 Na segunda etapa de novo as meninas brilharam, logo na primeira prova que foram os 200 livre. Novamente a Aricia Peree dividiu muito bem a prova melhorou seu tempo e quebrou o recorde, assim como Rafaela Raurich que acho cansou um pouquinho no final, e melhorou seu tempo mandando incríveis 2.03.8. Numa boa briga, a Maria Pessanha buscando a melhor performace da competição quebrou outro recorde e desta vez nos 400m medley com 5.02, apesar de este não ser o ser melhor tempo.
As meninas estavam incríveis e na terceira etapa a Ana Vieira desbancou a favorita da prova e venceu com recorde e melhorando bem seu tempo nos 100m livres com 59.0, e outra que também nadou muito e vendeu caro a vitória foi Victoria Izidro que saiu de 1.01.8 para incríveis 59.1 e quase levou. No Infantil 2, na prova dos 100m livres a Rafaela saiu rasgando e não deu chance pra ninguém e com seus 57.0 melhorou absurdamente seu tempo que antes era 58.4 e destruiu o recorde do campeonato e quaseee 56 rssss. No masculino, somente na terceira etapa é que finalmente começaram a cair os recordes e Eduardo Martiniano levou a os 100m livres com 54.33 e bateu na frente do Victor Rocha, que também foi super bem com 54.76. Na segunda prova da etapa, nos 200m medley Pedro Muschioni melhorou 6 segundos do seu tempo tendo nadado para 2.30.6, levou a prova e quebrou o recorde. Outro que nadou muito bem a mesma prova foi Filipe Pinheiro com 2.30.94 e melhorou bastante seu tempo e vendeu caro a prova para o Pedro.  De novo na terceira etapa, a fera Maria Pessanha,   a melhor da competição até agora ao meu ver,  levou mais uma e desta vez nos 200 medley e nadando para 2.22.5, baixou seu tempo e esta que já fora a sua terceira vitória com recorde na competição.
Na quarta e ultima etapa o destaque foi para o duelo entre Victor Rocha e Eduardo Martiniano nos 50 livre, em que nadaram braçada a braçada toda a prova, pois a historia foi diferente dos 100 livre onde o Edu tinha vencido com recorde, e nos 50m livres o Victor levou a prova e o recorde com 24.83 tempasso, apesar de que o Edu também nadou muito com seus 24.92. No duelo ficou 1 a 1 ahhahahahah…..é isso ai, os dois realmente nadaram muito.
E pra fechar a competição, com vitórias e recorde em todas nadadas a Maria Pessanha teve fôlego nos 200m borboleta quebrando a barreira dos 2.20, tendo nadado para 2.19.7….. nadou muitooooo os 200 borboleta, e pude ver que ela já caiu decidida e mesmo cansando bastante pela maneira como passou os primeiros 50 metros da prova para 30 e as outras parciais 35/ 36/ 37. Vejo que as parciais podem ser melhor dividida e com certeza vai pode ser ainda melhor, e isso só mostra que ela pode ser  mais rápida nessa prova, e levar o Troféu Eficiência, Parabéns.
Ao final deu Pinheiros como campeão Geral, seguido pelo Curitibano e em terceiro o Minas.
Valeuuuu pessoal, semana que vem é a minha vez de nadar no campeonato OPEN e fazer bonito assim como vocês, fiquem na torcida e vamos com tudo abração.
Leo de Deus

About the Author

By leogdeus / Administrator on Dez 14, 2014

No Comments

Leave a Reply